.Filme promotor
Quarta-feira, 12 de Março de 2008
Grupo_2 As Termas

As Termas

 

LOCALIZAÇÃO:

As Caldas de Chaves, nome que no passado designava apenas um conjunto de nascentes de águas quentes, mas que agora designa um moderno complexo termal, estão localizadas dentro do perímetro urbano da cidade de Chaves, em zona actualmente central, entre o rio Tâmega e a zona medieval da cidade. O parque termal está situado junto ao rio Tâmega, zona de jardins e espaços verdes, rodeado de cafés, bares, restaurantes e hotéis, sendo um dos mais belos e aprazíveis locais da cidade. Nos meses de verão, é uma zona refrescante depois de um dia de calor, os habitantes e visitantes vão ao "buvette" beber um copo de água termal.


 

HISTÓRIA

• Quando da ocupação romana pelo Imperador romano Titus Flavius Vaspasianus e o seu exército a Sétima Legião Gémina, deu o seu nome ao município de Aquae-Flaviae (águas de Flávio) à cidade de Chaves, devido às propriedades das suas águas, já que os romanos eram grandes apreciadores dos banhos termais. Construíram balneários e utilizaram-nas.
• No século V os Suevos invadiram a cidade e destruíram o balneário.
• Durante os séculos seguintes foram utilizadas e citadas em várias publicações.
• Em 1899 é concedido o alvará de abertura e exploração do balneário
• Em 1934 foi construído sobre o poço do gradeamento um buvette com colunas de pedra, de onde a água já era tirada para beber por uma pequena bomba manual. Não havendo médico tomavam-se banhos sem controlo.
• Em 1945 as caldas voltaram a ser usadas e exploradas sob a orientação do médico flaviense Dr. Mário Gonçalves Carneiro.
• Em 1947 o Banqueiro Dr. Cândido Sotto Mayor funda a sociedade das águas das Caldas de Chaves. Sendo construído o actual buvette e um balneário já desaparecido.
• As termas são actualmente propriedade da Câmara Municipal de Chaves.
• O actual balneário foi inaugurado em 1972.
• Em Setembro de 2003 foram agraciadas pelo INATEL, com o prémio de Melhor Unidade termal/2002.
• A época balnear vai de 1 de Março a 30 de Novembro.

 

 

FOTOGRAFIAS ANTIGAS


No Concelho existem outras nascentes termais, Vidago, Vilarelho da Raia, Vila Verde de Oura e Segirei. Todas elas são águas frias bicarbonatas sódicas e alcalinas.

 

 

 

 

 

 

 

  

 


    

 

 

     

 

 

 FOTOGRAFIAS RECENTES


As Termas foram evoluindo e agora apresentam-se desta maneira:

 

             

 

     

    

 

 

CARACTERISTICAS


A água termal nasce do solo, quase à superfície, brotando actualmente três fontes, cujo manancial é captado em três poços. As águas de Chaves são alcalinas– pH de cerca de 7,3; mesomineralizadas- 2,6 gramas de sais por litro; bicarbonatadas sódicas e hiper termais. De todas as águas bicarbonatadas sódicas da Europa, são as mais quentes (nascem a 73ºC), sendo esta a sua verdadeira característica individualizadora. Aliás, esta termalidade é um fenómeno geológico raro no que respeita a águas bicarbonatadas sódicas, porque nestas não há nenhum fenómeno de vulcanismo. A temperatura a que nascem, constante ao longo do ano, deve-se provavelmente ao facto de estas águas virem de uma grande profundidade, cerca de 3km abaixo da superfície, atravessando sobre a forma de vapor, as camadas magmáticas, até chegar à superfície, vindo assim carregadas de sais minerais entretanto absorvidos. Isto explica também a riqueza mineral das águas. São águas carbogasosas- 1,6 gramas de CO2 por litro; fluoretadas e sicalicas- em todo o país são as que contêm mais sílica. Obviamente, são bacteriologicamente puras, pelo menos até chegarem à superfície a 73ºC! Sendo talvez as águas mais notáveis de Portugal têm sido objecto de inúmeros trabalhos e de estudos de investigação.


APLICAÇÕES E TERAPIAS


Do ponto de vista da hidrologia médica, estas águas são indicadas para o tratamento de doenças do estômago, do fígado e vias biliares, dos intestinos, dos rins, diabetes, obesidade, gota, hipertensão arterial, reumatismo articular, espondirlatrozes e rigidez articular pós-fracturas. São as únicas, em todo o país, simultaneamente indicadas para o tratamento de doenças de fígado e do reumatismo, o que as torna particularmente atractivas numa perspectiva de crenoterapia e gerontologia. No que respeita às doenças internas, a principal técnica de aplicação é a ingestão em doses determinadas por prescrição médica. Quanto às restantes, são receitados banhos de imersão, de jacto e de chuveiro. As Caldas de Chaves dispõem actualmente de um moderno e sofisticado balneário, com instalações para diagnóstico, salas de ginástica médica, tanques-piscinas individuais, equipamentos para banhos carbogasosos, duches de jacto e circulares. Têm também instalações e equipamento para fisioterapia e massagem.




publicado por chavespafrente às 14:30
link do post | comentar | favorito
|

.Fazer olhinhos
.mais sobre mim
.Quem ta On??
web tracker
.posts recentes

. Grupo_2

. Grupo 1 --> AMICA ''As n...

. Grupo_2

. Grupo MAruzeta - "activi...

. Grupo MAruzeta - "parque...

. Grupo MAruzeta - "vidagu...

. Grupo MAruzeta - "Bandei...

. Grupo MAruzeta - "promoç...

. Grupo MAruzeta - "mercad...

. Grupo MAruzeta - "acção ...

.arquivos

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

.mInI InQuÈrItO
Gosta da cidade de Chaves?




View Results
Free poll from Free Website Polls
.pesquisar
 
.Contador de visitas
coches
coches
blogs SAPO
.subscrever feeds